Dorival Negro Caymmi | Yabatur
Domingo 20 de janeiro de 2019

O Teatro Castro Alves será palco de uma homenagem ao compositor Dorival Caymmi. Denominado “Dorival Negro Caymmi”, o show tem a proposta de explorar a ancestralidade da obra do baiano, com canções interpretadas pelas cantoras Jussara Silveira e Virgínia Rodrigues, e pelos cantores Lazzo Matumbi e Tiganá Santana, que assina também o conceito e a direção musical. Idealizado pela produtora paulista Monica Cosas, o espetáculo será no dia 3 de fevereiro, às 20 horas, com realização da Akassá Produções.

O concerto tem o objetivo de ressaltar a negritude referencial, manifesta de Dorival, e lembrar parte significativa da ancestralidade presente de um dos maiores músicos brasileiros. As canções do roteiro do espetáculo versam sobre amores que descrevem mulheres afro-brasileiras, “cafuzas, rainhas do maracatu”, “pretas do acarajé”, “terras de preto doutor”, pescadores, tantas coisas retintas da vida e da morte.

Os artistas convidados para o espetáculo têm, em sua maioria, relação com manifestações culturais negras, com relevância para Virgínia Rodrigues e Lazzo Matumbi, destacando nas suas vozes, essencialmente, o que Dorival Caymmi traz como assunto e estética nas canções escolhidas. Os dois dividem os vocais da canção “Canto de Nanã”.

A cantora Jussara Silveira está familiarizada com o repertório de Caymmi: ela já gravou um álbum somente com canções do homenageado. O músico Tiganá Santana conduz o espetáculo, com a escolha do repertório, o roteiro e os arranjos, que assina com Léo Mendes. “Vou ver Juliana” é a canção escolhida para cantar com Jussara Silveira. Na abertura, todos juntos entoam “Obá de Xangô”, de Paulo César Pinheiro, e dividem mais uma canção no final: “Récita de Oriki para Yemanja/Dois de fevereiro”.

O público ainda confere as canções “Balada do Rei das Sereias”, “Oração a Mãe Menininha”, “O Vento” e “Rainha do Mar”, dentre outras. No palco, os artistas têm a companhia dos músicos Léo Mendes (violão e guitarra), João Taubkin (baixo acústico), Cauê Silva e Sebastian Notini (percussão).

Após 10 anos de sua partida, Caymmi recebe uma justa e merecida homenagem, nas vozes de quatro artistas baianos que se encontram nas suas diferenças, e que juntos vão enaltecer a obra daquele que é um dos maiores artistas da Bahia.

SERVIÇO

Dorival Negro Caymmi

Quando: 3 de fevereiro (domingo), 20h

Onde: Sala Principal do Teatro Castro Alves

Quanto: 

R$ 70 (inteira) e R$ 35 (meia), das filas A a P

R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia), das filas Q a Z6

R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia), das filas Z7 a Z11**

Classificação indicativa: Livre

#aereoyabatur2018#ingressosemdomicílio #transporte #yabaturcultural #teatro2018

**valores sujeitos a conveniência e taxa de entrega de acordo com a localidade.

Sugestões, transportes, ingressos em domicilio, grupos e serviços afins relacionados com a cidade do show; falecom@yabatur.com ou televendas Yabatur; 71 99141-0487/99610-2665 ou 3017-7663.

#INGRESSOSEMDOMICILIOYABATUR #TRANSFERYABATUR #YABATUR23ANOS #YABATURCULTURAL2019 #MEDIANTEADISPONIBILIDADE #PACOTEYABATUR2019 #AEREOYABATUR2019